Quimioterapia

Quimioterapia

Em medicina, chama-se de "quimioterapia antineoplásica" o tratamento com a utilização de medicamentos cuja função é atuar nas células dos tumores, visando destruí-las, impedindo seu crescimento ou aliviando os sintomas causados pelo desenvolvimento do tumor. Há muitos tipos de quimioterápicos, com diferentes mecanismos de ação e efeitos. A quimioterapia pode ser indicada antes ou após uma cirurgia, ou ainda isoladamente, sem que haja indicação cirúrgica. Pode, ainda, ser feita em conjunto com outros tipos de tratamento, como a radioterapia e a imunoterapia. A indicação do tipo de tratamento a ser feito depende de vários fatores, como o tipo de tumor, localização e estágio da doença. A decisão quanto à melhor estratégia de tratamento baseia-se em conhecimentos atualizados e experiência da equipe médica. No entanto, a participação do paciente e seus familiares neste planejamento é importante. Em todos os momentos será respeitado o direito do paciente de negar ou solicitar interrupção do tratamento proposto. Os efeitos alcançados com cada tipo de quimioterapia podem variar de paciente para paciente, portanto o tratamento será planejado e ajustado individualmente, de acordo com a eficácia alcançada e com os efeitos colaterais apresentados, que devem ser toleráveis e não comprometer a qualidade de vida. Existem várias maneiras de se administrar a quimioterapia: através da veia, cateter implantado cirurgicamente debaixo da pele (port-a-cath) ou cateter central de inserção periférica (PICC), por meio de soro; por via oral através de comprimidos; ou através de injeções intramusculares ou subcutâneas. Na maioria das vezes não é preciso que o paciente fique internado para fazer a quimioterapia. Geralmente, ela é feita numa sala especial, dentro do Centro de Oncologia onde são feitas as consultas com o médico oncologista. Durante a aplicação da medicação por soro, geralmente não são observados sintomas no local da aplicação. Porém, é importante que quando receba o medicamento o paciente mantenha-se bem posicionado, para evitar extravasamentos. Caso se perceba alguma alteração (como dor, formigamento) no momento da aplicação, é fundamental comunicar imediatamente a equipe de enfermagem. A duração da aplicação pode variar de minutos a horas. Você será orientado sobre as particularidades do seu tratamento, para que possa se planejar adequadamente. No dia do tratamento, um familiar ou um amigo devem lhe acompanhar. Alguns itens tais como tablet, celular, livros e trabalhos manuais podem fazer com que sua sessão se torne mais confortável. Ressaltamos que a permanência do seu acompanhante é permitida durante toda duração da sua aplicação. Não existem restrições quanto ao consumo de alimentos no dia da sua quimioterapia, porém recomendamos que faça uma alimentação leve. As medicações de uso diário devem permanecer como prescritas. Se houver alguma dúvida, questione seu médico.

Quimioterapia

Agende sua consulta online

Convênios

Convênios